Resenha #15 - O Hobbit


TÍTULO: O Hobbit

AUTOR: J. R. R. Tolkien

EDITORA: WMF Martins Fontes

PÁGINAS: 296

SINOPSE: "Numa toca no chão vivia um hobbit". Um hobbit preguiçoso, que ama comer e não tem o mínimo interesse em aventuras. Porém, tudo isso muda quando tal hobbit, chamado Bilbo Bolseiro, dá um "Bom dia!" para o mago Gandalf. O mago o escolhe como ladrão para um grupo de treze anões que pretendem recuperar um tesouro há muito roubado pelo poderoso dragão Smaug, que no passado destruiu também a cidade mais desenvolvida dos anões, a cidade de Vaíle. Apesar da relutância inicial, Bilbo acompanha os anões nessa jornada e faz tanto descobertas que mudam a sua vida quanto descobertas que mudarão toda a Terra Média.


  Esse livro é classificado como infantil, mas não foram poucas as vezes que eu ouvi críticas a essa catalogação. Realmente, o livro trás uma riqueza muito grande de detalhes, raças, culturas, paisagens, línguas e lugares, mas não acho que isso o desqualifica do posto de livro infantil. Aliás, queria eu que houvessem mais livros infantis desse tipo.

  "O Hobbit" traz também um linguagem de muito fácil assimilação, simplificando a leitura. É, sem dúvidas, um dos meus livros favoritos e, deste posto, ninguém nem nenhuma outra obra vai conseguir tirá-lo. O livro traduz a genialidade de Tolkien e dá inicio a toda a saga criada por ele. Essa obra pode ser definida como um prelúdio à experiência de se ler Tolkien, tanto por introduzir sua saga, quanto pelo nível fácil da escrita, sendo que a cada livro a carga de informação e de descrições fica mais densa.

Existe muito mais nele do que vocês podem imaginar, e muito mais do que ele mesmo possa ter ideia. - Página 18

  No início da narrativa, Bilbo Bolseiro não passava de mais um hobbit como qualquer outro que vivia no condado, entretanto, cada novo incidente em sua jornada fazia com que o pequenino tomasse as rédeas da situação, surpreendendo tanto os anões, quanto nós leitores e o próprio Bolseiro. Cada situação faz os anões deixarem de lado sua visão preconceituosa de que Gandalf fizera a escolha errada, mas não convence o próprio hobbit de sua grandeza.

  Além de toda a mitologia criada, os elfos, os orcs, as aranhas e os lobos, Tolkien também recheou o livro com canções escritas, das quais eu tentava atribuir algum ritmo e evidentemente não dava certo, acabei por deixar as músicas de lado. Quando vi a adaptação do livro no cinema cheguei à conclusão que eu nunca pensaria naquele ritmo mesmo, portanto ter deixado as tentativas de lado foi mesmo a melhor decisão.

"Para além das montanhas nebulosas, frias,
Adentrando cavernas, calabouços perdidos
Devemos partir antes do sol surgir,
Buscando tesouros há muito esquecidos."
- Página 14

  Aproveitando o gancho, preciso dizer que eu nunca imaginaria esse livro sendo dividido em três longa-metragens, afinal nem o detalhamento de Tolkien fez a jornada ser tão longa assim, e continuo me surpreendendo com o trabalho do Peter Jackson.

  E como se não bastasse tudo isso e mais as canções, "O Hobbit" traz também mapas da Terra Média, por onde passam o grupo de anões, e ilustrações do próprio Tolkien. O autor provou que um livro pode ser tão completo quanto um hobbit pode ser surpreendente. A leitura desse livro deveria ser obrigatória (se o título de leitura obrigatória não tornasse o livro desinteressante), não apenas para crianças, mas para todas as pessoas que possuem uma imaginação fértil e que estejam dispostas a viajar numa aventura magnífica.

19 comentários :

  1. Li esse livro no final de 2012/início de 2013 e o achei maravilhoso. Toda a mitologia criada é simplesmente fantástica e Tolkien não deixa a desejar em nenhum quesito. Me surpreendi com a narrativa super fácil e com o fato de eu tê-la amado mesmo sendo em terceira pessoa (eu costumo preferir em primeira).

    E eu acho o fato de serem 3 filmes para esse livro maravilhoso. Acho os filmes incríveis e muito fiéis, e sinceramente, não concordo quando alguém diz que só estão fazendo em 3 filmes pra ganhar mais dinheiro. Eu penso que, tipo, se tivessem feito em um só filme, muito provavelmente muitas partes seriam cortadas e ainda teria o risco de adaptação ser péssima, o que praticamente seria uma ofensa ao livro e ao autor. Gosto muito dos dois filmes lançados até agora e espero gostar igualmente do terceiro.

    Achei esse livro tão bom que desde que o li tenho interesse pela trilogia dO Senhor dos Anéis. Tolkien é maravilhoso.

    http://sendoempapel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Também fiquei muito interessado em ler O Senhor dos Anéis depois de ler O Hobbit, mesmo já tendo assistido os filmes da trilogia dezenas de vezes. Quanto à adaptação de O Hobbit, eu era um dos que falavam que estavam fazendo três filmes por dinheiro, haha. Sinceramente, não via um livro com menos de 300 páginas sendo dividido em três filmes de quase 3 horas cada. Mas como você disse, isso também pode ser interpretado como um tributo ao autor e um presente aos fãs. Hoje eu concordo com você, também acho que se tivessem feito apenas um filme desconsiderariam pontos importantes da obra. Também estou gostando do trabalho do Peter Jackson até agora e aguardo ansiosamente o terceiro filme pra fechar a trilogia.
    Obrigado pelo comentário e grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Oi Arthur, tudo bom?
    Vi seu recadinho no skoob e resolvi lhe fazer uma visitinha! Seu blog é sensacional, parabéns!
    Eu estou louca para ler O Hobbit e a trilogia Senhor dos Anéis, só estou esperando chover um dinheiro na minha horta hahahaha
    Não vi nem os filmes ainda, para não me influenciar, mas gostei da sua resenha!
    O universo criado pelo Tolkien é muito diverso e rico! Adorei!
    Beijão
    Endless Poem

    ResponderExcluir
  4. Olá Sarah!
    Realmente, todos os livros do Tolkien são riquíssimos. Estou na mesma situação que você quanto aos livros da trilogia Senhor dos Anéis: Só esperando um dinheiro a mais pra ir comprar.
    Fico surpreso por você nunca ter visto nenhum filme da trilogia, acho que nem se eu quisesse conter as influências eu teria conseguido deixar de assisti-los. Hahaha.
    Obrigado pelo comentário, boa leitura e grande abraço!

    ResponderExcluir
  5. Preciso muito ler esse livro. Tive sérios problemas ao ler Senhor dos Anéis, foi bem cansativo, por mais que o mundo de Tolkien seja incrível. Contudo, muitos me falaram que Hobbit é algo bem mais suave e com uma história ótima também. Quero muito ler!!

    Beijos
    http://slothreaders.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Minha situação é inversa à sua: Já li O Hobbit e pretendo ler O Senhor dos Anéis. Já escutei mesmo que a trilogia é cansativa, muito descritiva e tal; mas eu já consegui ler o volume único de Nárnia, nada pode superar isso.
    Quanto ao Hobbit, a leitura é muito fácil mesmo, não tem muita descrição (apenas o suficiente pra você já se sentir vivendo na Terra Média) e os personagens são muito cativantes, todos os treze anões.
    Recomendo que leia mesmo, depois venha me dizer o que achou. ;D
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  7. Eu não sabia que o livro era classificado com infantil. Eu não sei o motivo, mas sempre deixo a leitura de lado. Já vi muitas resenhas positivas do livro, mas a sua o descreveu como positivo, inteligente e consequente interessante. Vc conseguiu, se tornou um livro obrigatório pra mim!
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Haha, que bom que consegui! O livro é mesmo tudo isso que você disse, dá pena por ele ser tão curto...
    O livro é classificado como infantil, se não me engano, porque Tolkien o escreveu para seus filhos, mas isso não significa que ele seja bobinho ou qualquer coisa do tipo, ele é tão completo e mágico quanto todos os livros do autor.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  9. Olá! Amo esse livro, é um dos poucos clássicos infantis que me arrisquei a ler e acho que dei sorte, é mt legal saber que outras pessoas também curtiram a leitura, super bem escrita a sua resenha!

    Beijos,
    Lara - whoisllara.com

    ResponderExcluir
  10. Nunca li esse livro, mas de tanta gente me falar que ele é bom, eu quero porque quero ler! hehe
    Seguindo o seu blog!
    Beijos
    M!sto de Glamour
    Fan Page
    Instagram

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Te marquei em uma TAG, espero que não se incomode.
    http://santuario-dos-livros.blogspot.com.br/2014/01/tag-selo-versatile-blogger-award.html
    Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Olha, com o J. R. R. Tolkien eu tô super em dívida, porque nem O Senhor dos Anéis li ainda ><
    Acho que com sua resenha eu só percebi a gravidade do meu erro, haha
    Resenha, que aliás, foi muito bem feita, suas resenhas são ótimas ;)

    Beijos
    http://boombacereja.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi. Te indiquei em uma tag:
    http://meuinteriorinfinito.blogspot.com.br/2014/01/tag-4-selo-versatile-blogger-award.html
    Beijos.

    meuinteriorinfinito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Já ouvi falar bastante que o livro é otimo *--* Parabéns pela resenha e pelo blog..

    sucesso

    http://prosalivropoesia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Preciso ler o livro para entender melhor a revolta de algumas pessoas com o filme...
    Adoro O Senhor dos Anéis e já devia ter lido há muito, já que ele está ali na prateleira bem à vista e à mão! Ótima resenha!

    Ana P.M. ♛ Queen Reader - Venha conhecer o Castelo!
    http://booksandcrowns.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olha Arthur, confesso que nunca tinha dado muito valor a historia de Senhor dos Anéis, em relação aos filmes, mas sempre tive uma vontadezinha de ler os livros e o que sempre me impediu foi a preguiça, mas recentemente meu irmão fez uma maratona dos filmes e minha vontade de ler O Hobbit apareceu! Adorei sua resenha e mal vejo a hora de achar um tempo para essa leitura!
    Também achei interessante vc comentar o fato do livro ter sido dividido em três partes hahaha eu não cheguei a ver nenhum dos filmes mas quando meu irmão viu o livro ele me perguntou: só tem esse? como os caras fizeram 3 filmes??

    Beijos
    Débora - Clube das 6
    http://www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
  17. Realmente, Dé! A finura do livro não condiz nem um pouco com três filmes (que, aliás, são imensos, de umas três horas cada). Parece mágica do Gandalf (olha a piada ruim) ter conseguido dividir o livro dessa forma, mas acabou dando certo e pelo menos os dois filmes já lançados ficaram muito bons.
    Obrigado pelo comentário e grande abraço!

    ResponderExcluir
  18. Lerei o Hobbit esse ano, mas não agora. Quero ler e emendar com tudo que já tenho do Tolkien =)


    Abraços o/

    http://meumundodepois-da-meia-noite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Boa ideia, você já aproveita e faz um curso intensivo sobre a Terra Média lendo tudo do Tolkien, haha. Vale muito a pena, Myla. Boa leitura!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir

DiscoDiVinil © 2012-2016 | Versão 3.0 | Todos os direitos reservados

Projetado e editado por Arthur Dias

Tecnologia do Blogger

http://i65.tinypic.com/j9ob41.png