TAG - Dias da Semana em Livros

 

  Eu já havia visto essa TAG em outros blogs e me interessei por ela de cara. Iria respondê-la sem ser indicado, mas a Karla, do blog Livro Arbítrio, me surpreendeu com uma indicação infinitamente bem vinda. - Muito obrigado, Karla! O objetivo é citar sete livros, um para cada dia da semana. O detalhe é que cada livro deve condizer com a descrição do dia, como a sexta-feira, que queremos que chegue logo, ou a segunda-feira, que nos enche de preguiça.


DOMINGO: UM LIVRO QUE VOCÊ NÃO QUER QUE TERMINE OU NÃO QUIS QUE TERMINASSE.


  Esse foi o meu caso mais forte de "quero saber o final, mas não quero que termine". A história é tão envolvente e tão cativante que é impossível não repudiar a constante chegada do fim. - E a série quase não acaba mesmo: Treze livros!


SEGUNDA: UM LIVRO QUE VOCÊ TEM PREGUIÇA DE COMEÇAR.


  Cito o mesmo livro citado pela Karla, que, por sua vez, também copiou a resposta de quem a indicou para a TAG. Não foram poucas as vezes que ouvi comentários positivos a respeito da obra, assim como igualmente não foram poucas as que o livro me amedrontou pelo tamanho na livraria. Ainda não assisti a um único episódio da série e pretendo ler o mais rápido que minha preguiça permitir para estar de consciência tranquila ao iniciar os episódios da série.


TERÇA: UM LIVRO QUE VOCÊ EMPURROU COM A BARRIGA OU LEU POR OBRIGAÇÃO.


  Nunca citei esse livro aqui no blog. Eu o li em 2010 para a escola e, basicamente, o detestei. Já não me lembro muito da história, mas li cada página de maneira muito arrastada e não podia esperar para ele terminar de uma vez. Dei apenas uma estrela para o livro no skoob e não pretendo resenhá-lo aqui.


QUARTA: UM LIVRO QUE VOCÊ DEIXOU PELA METADE OU ESTÁ LENDO NO MOMENTO.

 

  Um dos livros mais famosos do astrofísico Carl Sagan, alvo de milhares de críticas positivas no mundo todo, não conseguiu me agradar. Nem consegui chegar à parte realmente interessante da história... Acho que eu prefiro deixar o livro de lado logo e retomar a leitura depois do que me arrastar até o final - a menos que seja leitura obrigatória, como no caso da resposta de terça. De qualquer modo, pretendo dar ainda mais uma chance ao livro e esperar que ele consiga me surpreender afinal.


QUINTA: O LIVRO DE QUINTA. UM LIVRO QUE VOCÊ NÃO RECOMENDA.


  Sou o tipo de leitor que consegue tirar pelo menos um pouco de proveito em tudo o que lê, então é difícil escolher um livro que eu não recomendaria. Citarei como resposta "O Demônio Familiar" simplesmente porque não me lembro de muita coisa do enredo, parece que ele não deixou nada marcado em mim... Mas lembro que foi um dos livros que li mais depressa: 190 páginas em cerca de quatro horas.


SEXTA: UM LIVRO QUE VOCÊ QUER QUE CHEGUE LOGO (LANÇAMENTO OU COMPRA).


  Antes de responder a essa pergunta, dei uma olhada nos lançamentos de setembro de algumas editoras e o que mais me interessei foi O Livro de Preceitos do Sr. Browne (spin-off de Extraordinário), da editora Intrínseca. Todavia, tenho mais interesse pela continuação de O Espelho do Tempo - ainda sem data de lançamento, já que o primeiro da série acabou de ser publicado no Brasil. O nome original do segundo livro é tão bom quanto o do primeiro: The Slanted Worlds (Os Mundos Inclinados).


SÁBADO: UM LIVRO QUE VOCÊ QUIS COMEÇAR NOVAMENTE ASSIM QUE ELE TERMINOU.


  Sem dúvida alguma, O Buraco da Agulha! Inclusive, eu fiz isso mesmo. Quando o terminei, voltei e li o primeiro capítulo novamente - simplesmente porque pertence a esse livro o melhor primeiro capítulo de todos! Se antes fui obrigado a escolher um livro que não recomendaria, agora faço justiça recomendando este livro para todos!


  Espero que tenham gostado da TAG. Ela é bem simples e foi mais fácil respondê-la do que eu achei que seria. Não irei indicar ninguém dessa vez, mas sintam-se todos marcados - quem quiser pode citar que livro escolheria para determinados dias da semana nos comentários. Até a próxima TAG!

7 comentários :

  1. Oi, Arthur!

    Nunca tinha ouvido falar de "O Buraco da Agulha" (acho que sou meio desenformada :P), mas agora que você citou ele e falou que é muito bom, fiquei curiosa (procurei até no skoob e coloquei ele na minha estante, acredita?) Gosto muito de saber/ler coisas relacionadas as Guerras Mundias, principalmente a segunda que foi mais marcante, e quando vi que o livro se tratava disso fiquei ainda mais a fim de ler. E essa história de espião deixa tudo ainda mais emocionante!! rsrs

    Enfim... espero ler em breve e, assim que fizer isso, comento o que achei ;)

    Beijokkas
    lostinthebookshelf.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Arthur!
    Os treze livros de Desventuras em Série me marcaram... Fui uma série que não podia ter acabado e olha que foram 13 livros de q3 capítulos cada.
    Que pena que não se lembra de muita coisa de O Demônio Familiar, estou lendo junto a alguns outros rsrsrs. É uma peça e dou altas risadas com o escravo Pedro.


    Abraço
    LiteraMúsicas

    ResponderExcluir
  3. Para ser sincero, eu só conhecia Desventuras em Série e As Crônicas de Gelo e Fogo. Me interessei pela série O Espelho do Tempo - essas capas são muito massa, então não tem como não gostar... Mas não estou julgando um livro pela capa, que isso fique claro srsrs.
    Também já fui meio forçado a ler livros por conta dos estudos. Hoje não dou mais atenção para isso. Se o professor de literatura quer que eu leia Os Lusíadas, é claro que eu NÃO vou ler. Geralmente passo dias para ler poucas páginas de livros do tipo e hoje sequer começo. Simplesmente não leio e, na hora da prova, que seja o que Deus quiser.

    http://blogityours.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Aryane, O Buraco da Agulha é meu 'livro avulso' (não pertencente a séries) favorito. A maneira como é trabalhado o relacionamento de Lucy e David e a epicidade das partes em que Henry Faber protagoniza são simplesmente geniais. A edição que tenho do livro é de 1986 e praticamente se desintegrava enquanto eu lia, mas nem pelos constantes espirros eu deixei a leitura de lado. Vale muito a pena, leia e depois venha me dizer o que achou!

    Diego, Desventuras em Série é muito marcante. É basicamente por causa dessa série de livros que minha paixão por ler e escrever são tão grandes hoje. Quanto à O Demônio Familiar, lembro que li depressa, acho que até gostei no final, mas não me diverti com a peça dita cômica... Também não me lembro se tirei uma nota boa no trabalho que fiz sobre o livro, então está tudo bem. Menos a minha memória...

    Zach, eu não vejo problema em julgar um livro pela capa se a mesma é atraente. Se gostamos da capa, isso pode nos levar a ler o livro e, assim, ganharemos alguma coisa com a leitura. Os problemas são apenas dois: Quando julgamos um livro de capa feia como sendo ruim e quando criamos expectativas demais baseando-nos apenas em uma capa bonita - esse segundo problema pode ser resolvido, já resenhei O Espelho do Tempo aqui e, nessa resenha, abordo os pontos altos e os pontos baixos da narrativa.
    Hahahahah, eu já me revoltei assim também; mas não antes de ler Os Lusíadas - li ele inteiro no primeiro ano do ensino médio, mas não achei tão ruim -, no meu caso foi após ler O Fio das Missangas. Passei alguns meses lendo apenas resumos na internet, mas acabei voltando a ler as indicações da escola. Li A Morte de Ivan Ilitch por obrigação e acabei gostando...

    Obrigado aos três pelos comentários!

    ResponderExcluir
  5. Li o até o segundo livro de Desventuras em série, e decidi que só vou terminar quando eu conseguir comprar o box :33 Não vejo a hora <3 Mas sei muito bem como é isso de não querer que a história termine u-u Acontece comigo sempre. Um bom exemplo disso é Crônicas de Nárnia: eu me segurei pra ler os livros bem devagar, pra durar pelo menos uma semana, HUDHSAUDHASU D:
    Eu me interessei bastante por O buraco da Agulha *-* (passa na segunda guerra, adoro *u*)
    Enfim, adorei a tag e acho que vou fazer lá no blog, ok? :P
    Kissus
    www.penseicliquei.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Também estava pensando em postar essa tag esses dias hahaha
    Ai, menino Arthur, demorou pra ler A Guerra dos Tronos! Eu o li bem rápido, porque estava empolgada demais. Vi a série primeiro e acho que isso até ajudou, porque tem tanto lugar, tanta gente, tanta coisa acontecendo... É ótimo. Mas estou na preguiça aqui de terminar o segundo, A Fúria dos Reis. Acho que a empolgação passou hahahah Mas continua ótimo. Leia, leia, leia! E veja! hahaha

    http://sobrelivroseletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Arthur eu tb não conhecia "O Buraco da Agulha", e de todos os livros citados na Tag, ele foi o que me deixou mais curiosa rsrs.
    Eu não terminei de ler "Desventuras em Série", pelo fato de não querer que termine. Vou deixar para descobrir o final qdo tiver um filho rsrsrs.
    Beijos
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

DiscoDiVinil © 2012-2016 | Versão 3.0 | Todos os direitos reservados

Projetado e editado por Arthur Dias

Tecnologia do Blogger

http://i65.tinypic.com/j9ob41.png